CBN João Pessoa: professora do Unipê analisa mercado de brechós e impactos ambientais

A indústria da moda é a segunda que mais polui o mundo. Perde apenas para a petroleira, que está em primeiro lugar. Mas os impactos ambientais daquela indústria aumentaram um […]

16/04/2021

A indústria da moda é a segunda que mais polui o mundo. Perde apenas para a petroleira, que está em primeiro lugar. Mas os impactos ambientais daquela indústria aumentaram um mercado aliado do consumo consciente de roupas e peças da indumentária: os brechós.

A ideia de vender roupas e objetos de segunda mão já é secular, mas a partir dos anos 1990 ficou mais difundida. Para explicar a importância do brechó e os prejuízos à natureza pela indústria da moda, a CBN João Pessoa fez uma reportagem para o quadro “Meio Ambiente” que contou com a Profa. Valesca Sperb Lubnon, do curso de Design de Moda do Unipê.

Valesca diz que parte da consciência em comprar nos brechós se deu pela comparação da qualidade das peças vendidas hoje com as que nossos pais e avós guardam de anos atrás.

“É esse nicho de mercado que surgiu do pensamento dessas novas gerações em ter também com a gente produtos de qualidade, que tenham durabilidade. A gente quer ter uma roupa com valor afetivo”, exemplifica.

Valesca fala do desgaste das peças produzidas atualmente e seu consequente descarte, além do uso de água durante a vida das roupas. A reportagem traz ainda entrevistas de uma pessoa que compra em brechós há três décadas e de uma empresária do ramo em João Pessoa.

Gostou do assunto? A reportagem na íntegra está no site da CBN João Pessoa!

Quer saber mais sobre o curso de Design de Moda do Unipê? Clique aqui!