Notícia



UDF recebe Embaixador da Coreia do Sul

Na quarta-feira, 26 de outubro, o UDF teve a honra de receber o Embaixador da República da Coreia, Sr. Jeong Gwan Lee, para ministrar a palestra “Diálogo Brasil-Coreia no Século XXI: sociedade, economia e cooperação”. Os temas abordados foram: Coreia – sociedade, cultura, economia, inovação e política externa; Relações bilaterais Brasil-Coreia e a agenda de cooperação, incluindo agenda para educação; e Segurança Internacional e o caso da Coreia do Norte. O evento fez parte da II Semana de Relações Internacionais da Instituição e foi um sucesso.

 

Estiveram presentes a Reitora, Profa. Beatriz Maria Eckert-Hoff; o coordenador do curso de Relações Internacionais, Prof. Carlos Nogueira; o Reitor da Faculdade Projeção, Prof. José Sérgio de Jesus, como convidado; e professores dos demais cursos do UDF.

 

O Embaixador, Sr. Jeong Gwan Lee, abriu sua fala (em Coreano, com tradução para o português), agradeceu o convite para palestrar no UDF e elogiou a iniciativa da Reitoria em procurar a Embaixada para estreitar relações com o Centro Universitário. Parabenizou também os alunos pela Instituição e pela Reitora que a dirige.

 

IMG_6332_crop

 

Sua palestra foi dividida em dois blocos: no primeiro, falou dos principais desafios e dificuldades enfrentados pela nação e, no segundo, sobre as principais conquistas e forças da Coreia do Sul. Em relação aos desafios, apontou o grande desfavorecimento geográfico que se encontra o país – cercado por potências como Japão, China e Rússia -, que fez do povo coreano alvo de sucessivas investidas e tentativas de invasão. Outra fragilidade da região é seu tamanho, similar ao estado de Pernambuco, o país asiático não possui recursos naturais e espaço como pontos fortes.

 

Apesar disso, a Coreia do Sul é hoje a 11ª economia mundial, resultado do desenvolvimento acelerado que tirou o país da miséria em pouco mais de 30 anos e ficou conhecido como o milagre do Rio Han. Tal crescimento econômico e desenvolvimento deve-se à exportação, inovação e, principalmente, uma forte aposta na educação do país que, tecnicamente permanece em guerra com a Coreia do Norte. Sobre o assunto, ele afirma que a reintegração de território vai acontecer, tratando-se apenas de uma questão de tempo.

 

O Embaixador Lee abriu o espaço para perguntas e as respondeu de forma aberta, franca e descontraída. Falou sobre hábitos e cultura do sul coreano, sobre a questão da reintegração de território, e finalizou com uma explanação sobre a atividade empreendedora da nação.

 

IMG_6217_crop

 

A Reitora, Prof. Beatriz, relembra que durante a Missão Técnica Semesp para a Coreia do Sul – realizada em maio deste ano com o Diretor Acadêmico, Prof. Dr. Renato Padovese – foi possível perceber que apesar de existirem grandes diferenças culturais, a questão da educação deve ser usada como exemplo pelo Brasil. “Surgiram ideias de estreitamento de laços para mobilidade acadêmica entre os dois países, tanto para brasileiros estudarem na Coreia quanto para coreanos virem ao nosso país”. Nesse sentido, o Embaixador informou que o governo coreano e as Universidades privadas oferecem diversos programas de bolsas de estudos para alunos estrangeiros.

 

A aluna do curso de Relações Internacionais, Karen Borden, fala coreano e, por isso, foi convidada pelo Prof. Carlos a auxiliar na recepção do Sr. Jeong Gwan Lee ao UDF. Segundo ela, foi uma oportunidade incrível. “Ver na prática o que nos ensinam em sala de aula me fez ficar muito mais motivada a seguir essa carreira. Como nunca participei de algo parecido, sinto que foi um acréscimo muito importante ao meu currículo”. Sobre seus planos futuros, Karen acrescenta, “com o apoio que o UDF me deu estou ainda mais focada no meu objetivo de fazer intercâmbio e trabalhar na Embaixada da Coreia do Sul”.

 

Ao final da palestra, a Reitora agradeceu novamente a disponibilidade do Embaixador, destacou sua boa impressão com o modo de ser e de pensar a Educação dos sul-coreanos e reforçou a abertura para iniciar parcerias e convênios.

 

IMG_6378_crop

Compartilhe: